O azeite e sua saúde!

Hoje, o site AFABB traz para você uma dica de saúde importante e interessante.

Na verdade, são duas informações. Vamos lá!

A primeira é que uma pesquisa realizada pela Sociedade Britânica Cardiovascular, da Inglaterra,, comprovou que o consumo de duas colheres de azeite por dia reduz os riscos de doenças cardíacas. Isso mesmo!

Os pesquisadores garantem que duas colheres de sopa de azeite por dia ajudam a reduzir riscos de doenças cardíacas. Acredite! De acordo com a pesquisa, a quantidade equivalente à apenas essa medida diminuiria o perigo em cerca de 28%.

  

“Estes resultados são muito significativos”, afirma doutor Charles Knight, sobre o óleo que é rico em gorduras mono saudáveis e polifenóis, e que segundo o especialista, pode contribuir na diminuição de inflamações no corpo e, possivelmente, reduzir o risco de formação de coágulos.

Ainda de acordo com o médico, o azeite presente com bastante frequência nos pratos mediterrâneos, ricos em peixes, frutas, legumes e vegetais, desempenha um papel ainda maior na prevenção do mal do que antes se pensava.

A segunda dica é que uma nova pesquisa, desta vez realizada pelo Hospital Dr. Josep Trueta, na Espanha, afirma que a dieta do Mediterrâneo, rica em carnes de peixes, frutas, vegetais e azeitonas, pode proteger ossos quando enriquecida com o óleo de oliva.

“O consumo de azeite de oliva tem sido relacionado com a prevenção da osteoporose em modelos experimentais e in vitro”, diz José Manuel Fernández-Real, médico coordenador da pesquisa, em entrevista publicada no periódico médico Journal of Clinical Endocrinology and Metabolism.

 

 “Este é o primeiro estudo randomizado que demonstra que o óleo preserva os ossos, ao menos como indicado pelos marcadores ósseos em circulação pelo corpo”, acrescenta o especialista.

 

Participaram do estudo 127 homens entre 55 a 80 anos. O grupo foi observado por dois anos com objetivo de avaliar os efeitos da dieta do Mediterrâneo na prevenção de doenças cardiovasculares. Eles foram divididos em três grupos alimentares diferentes: dieta do Mediterrâneo com castanhas mistas, dieta do Mediterrâneo com azeite de oliva virgem uma dieta com baixo índice de gordura.

As dosagens dos níveis de osteocalcina, glucose e colesterol total foram, feitas no início de depois de dois anos de acompanhamento. O resultado mostrou que o consumo da dieta do Mediterrâneo enriquecida com azeite de oliva virgem estava associado com um aumento bastante significativo nos níveis de osteocalcina e de outros marcadores de formação. Fonte: Daqui Dali

 

Desta vez, a AFABB está trazendo para você uma dica de saúde.

 

Acompanhe sempre aqui, www.afabb.com.br, informações importantes também sobre Seguros, oportunidades de aumentar a sua renda e muito mais.

 

E, por falar em aumentar a sua renda: você quer ganhar dinheiro? Quer saber como?

 

Clique aqui e a AFABB trará esta resposta para você.

 

Por Ana Lúcia Lopes



.
Agência TWD - Comunicação Digital